top of page

F1: Chuva traz o caos, mas Verstappen vence o GP da Holanda


Max Verstappen venceu o Grande Prêmio da Holanda, realizado neste domingo (27) em Zandvoort. O piloto da Red Bull largou na pole-position e, mesmo com o caos provocado pela chuva, não teve problemas para garantir o triunfo 46 de sua carreira na F1, a 11ª na temporada de 2023. Com a vitória, o bicampeão igualou o recorde de nove vitórias consecutivas estabelecido por Sebastian Vettel em 2013.


Fernando Alonso voltou ao pódio, novamente na segunda posição. Sergio Perez recebeu a bandeira quadriculada na terceira posição, mas uma penalidade de cinco segundos (por excesso de velocidade nos boxes) fez com que o mexicano perdesse uma posição e Pierre Gasly foi ao pódio em terceiro.


A corrida em Zandvoort parecia que seria disputado em condições secas por um tempo, mas assim que as luzes se apagaram, caiu uma chuva torrencial. Como resultado, os pilotos de Fórmula 1 tiveram que optar por mudar para intermediários ou não após apenas uma volta.



A pista secou o suficiente para que os pneus slick pudessem ser usados, com Max Verstappen recuperando uma liderança confortável, à frente do companheiro de equipe Sergio Perez.


A Mercedes enfrentou um dia desafiador com a chuva inicial. George Russell caiu da 3ª para a 18ª posição, e Lewis Hamilton teve dificuldades com os pneus médios na chuva. Após a relargada da bandeira vermelha, Russell teve um pneu furado, enquanto a Ferrari também enfrentou problemas, com Charles Leclerc se retirando da corrida devido a danos.


Depois de uma fase inicial caótica devido à chuva na largada em Zandvoort, a chuva voltou a ter um papel preponderante na fase final do Grande Prémio da Holanda. A 16 voltas do final, a chuva caiu e Sergio Perez, entre outros, saiu da pista, mas Zhou colidiu com a barreira na Curva 1, danificando a proteção na lateral da pista. Embora várias equipes de Fórmula 1 tenham optado por pneus de chuva pesada em vez de intermediários, o controle da corrida decidiu interromper a corrida por meio de uma bandeira vermelha. A corrida ficou interrompida por mais de 40 minutos.


A chuva começou a cair após 60 das 72 voltas, com o pelotão optando por usar pneus intermediários à medida que as condições se deterioravam.


Na relargada, Alonso até tentou atacar Verstappen, mas sem sucesso. O espanhol teve que se contentar com a segunda posição. Hamilton pressionou Sainz pela P5, mas o piloto da Ferrari se defendeu dos ataques do britânica para ser o P5.


A Fórmula 1 retorna na próxima semana com o Grande Prêmio da Itália, no tradicional circuito de Monza. O F1Mania estará AO VIVO e em TEMPO REAL com todas as atividades da F1 na Itália.



Confira o resultado completo do GP da Holanda de F1:

1) Max Verstappen (Red Bull/Honda RBPT)

2) Fernando Alonso (Aston Martin/Mercedes)

3) Pierre Gasly (Alpine/Renault)

4) Sergio Pérez (Red Bull/Honda RBPT)

5) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)

6) Lewis Hamilton (Mercedes)

7) Lando Norris (McLaren/Mercedes)

8) Alexander Albon (Williams/Mercedes)

9) Oscar Piastri (McLaren/Mercedes)

10) Esteban Ocon (Alpine/Renault)

11) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)

12) Nico Hülkenberg (Haas/Ferrari)

13) Liam Lawson (AlphaTauri/Honda RBPT)

14) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)

15) Valtteri Bottas (Alfa Romeo/Ferrari)

16) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda RBPT)

17) George Russell (Mercedes)

OUT) Zhou Guanyu (Alfa Romeo/Ferrari)

OUT) Charles Leclerc (Ferrari)

OUT) Logan Sargeant (Williams/Mercedes)

bottom of page