top of page

Queimadas atingem 260 mil hectares em outubro no Pantanal


O Pantanal mato-grossense registrou 260 mil hectares queimados desde o início deste mês. O fogo atingiu o Parque Estadual Encontro das Águas, que tem a maior concentração de onças-pintadas do mundo. Do início de 2023 até o momento, 1.433 focos de incêndio foram contabilizados no local. O número é 20% superior em comparação ao mesmo período de 2022. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. De acordo com o professor e pesquisador em climatologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais, Fulvio Cupolillo, o El Niño, além do aumento de eventos climáticos extremos, pode causar mais focos e seca no Pantanal neste ano. “Com a presença do fenômeno El Niño, essa seca intensifica em função desse mecanismo chamado célula walker. Isso significa que o ar seco que vem do oceano desce nessa região do Pantanal”, explicou. No Mato Grosso, 742 focos de incêndio foram registrados em outubro. Apenas no último domingo, 22, foram 145 focos, sendo que 66 ocorreram no Pantanal. Segundo Fulvio, fenômenos naturais, como raios, por exemplo, podem iniciar as chamas. No entanto, o especialista diz que na maior parte o princípio de incêndio é decorrente de ação humana. O Corpo de Bombeiros informou que tem atuado na região para conter as chamas.ado)

Kommentare


bottom of page