top of page

'Parem a loucura da guerra', diz Papa em livro

O volume se chama "Vi chiedo in nome di Dio" ("Peço a vocês em nome de Deus", em tradução literal) e chega às livrarias italianas neste mês, mas o jornal La Stampa antecipou neste domingo (16) alguns trechos da obra.


"Peço em nome de Deus que se coloque fim à loucura cruel da guerra", escreve o líder católico. "Sua persistência entre nós é o verdadeiro fracasso da política", acrescenta.


Segundo o Papa, o conflito na Ucrânia "colocou as consciências de milhões de pessoas do centro do Ocidente diante da cruel realidade de uma tragédia humanitária que já existia havia tempos". "Não há situações em que uma guerra pode ser considerada justa, jamais há lugar para a barbárie bélica", afirma.


Francisco ainda faz um apelo para que "autoridades locais, nacionais e mundiais" interrompam a produção e o comércio internacional de armas e "extirpem" as bombas atômicas do planeta. "A existência de armas nucleares põe em risco a sobrevivência da vida humana na Terra", diz.

bottom of page