top of page

Bolsonaro nomeia ex-ministro do Turismo para a Embratur

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), nomeou, nesta sexta-feira, 18, o ex-ministro do Turismo Gilson Machado (PL) para o cargo de diretor-presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur).


A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União. Machado ficará à frente da agência de turismo por quatro anos, segundo a publicação.


O ex-ministro do Turismo deixou a pasta em março deste ano para disputar uma vaga ao Senado por Pernambuco. Machado, no entanto, não conquistou a cadeira e, desde então, estava sem cargo na administração pública federal.


Bolsonaro nomeou também Édson Cavalcante de Queiroz Júnior para o cargo de diretor de gestão corporativa da Embratur. Além disso, Karisa Vilas Boas Nogueira e Silvio Santos do Nascimento também foram nomeados para ocuparem os cargos de diretores de marketing, inteligência e comunicação da agência brasileira de turismo.


Mais de 50 indicados pelo presidente Bolsonaro vão permanecer em agências reguladoras, conselhos e autarquias, durante o governo Lula. Somente neste ano, Bolsonaro indicou mais de 20 integrantes para essas repartições.


Nos dois primeiros anos de mandato, Lula terá de trabalhar com o economista Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), indicado pelo chefe do Executivo. No ano passado, vigorou a lei que determina a independência do BC, o que impede o petista de escolher alguém de sua preferência para o cargo, logo depois de tomar posse.

bottom of page