top of page

Xi adverte Biden: “Taiwan é linha vermelha; não se deve cruzar”

O presidente da China, Xi Jinping, advertiu nesta segunda-feira (14) o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que Taiwan, ilha que o país asiático considera como uma província rebelde, é “a primeira linha vermelha que não deve ser cruzada”. Ele afirmou esperar que o governo americano “honre sua promessa” de não apoiar uma eventual independência.


– Taiwan faz parte dos interesses centrais da China e é a base das relações políticas China-EUA. Esta é a primeira linha vermelha que não deve ser cruzada. Qualquer pessoa que procure separar Taiwan da China estará violando os interesses centrais da China, e o povo chinês nunca o permitirá. Esperamos ver paz e estabilidade no Estreito de Taiwan, mas a paz e a “independência” de Taiwan são irreconciliáveis – disse o líder chinês em reunião com Biden em Bali, na Indonésia.


O primeiro encontro presencial entre Xi e Biden como chefes de Estado foi realizado na véspera da cúpula dos líderes do G20, à qual o presidente russo, Vladimir Putin, não comparecerá. A guerra na Ucrânia será um dos principais temas debatidos pelo grupo das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

Commentaires


bottom of page