top of page

Verstappen abre 99 pontos com vitória na Inglaterra. Confira classificação da F1


Max Verstappen ultrapassou Lando Norris após perder a ponta na largada e estendeu sua sequência de vitórias no GP da Inglaterra.


O britânico da McLaren foi um dos destaques da corrida em Silverstone, liderando as primeiras voltas e segurando Lewis Hamilton no final para chegar em segundo.


Hamilton ficou com o último degrau do pódio, à frente da segunda McLaren de Oscar Piastri e de seu companheiro de equipe George Russell.


Norris fez uma grande largada e deixou Verstappen para trás, com Piastri tentando fazer o mesmo na primeira curva.


Foram as primeiras voltas que ele liderou desde o GP da Rússia de 2021, mas Verstappen retomou sua posição habitual na quinta volta com a ajuda do DRS.


Russell vinha pressionando Charles Leclerc na disputa pelo quarto lugar, mas o piloto da Ferrari se defendeu bem. Ele foi o primeiro a parar na volta 18, mas ficou em desvantagem porque o rival da Mercedes só entrou 10 voltas depoois.


Piastri fazia uma ótima prova em terceiro, mas teve azar quando o safety car entrou quatro voltas após sua troca para pneus duros. A neutralização foi provocada pela quebra do motor de Kevin Magnussen.


Com isso, os líderes puderam fazer um pit-stop “gratuito”. Verstappen e Norris mantiveram suas colocações, enquanto Hamilton permaneceu na pista e subiu para terceiro.


Os campeões mundiais da Red Bull e Mercedes estavam com pneus macios, Russell com médios e as McLarens com duros.


Previsivelmente, Norris enfrentou dificuldades para aquecer seus pneus na relargada, com Verstappen abrindo dois segundos no final do primeiro setor.


Hamilton atacou seu compatriota, mas Norris se segurou com uma defesa robusta na Brooklands, Luffield e Copse.


Na volta seguinte, Hamilton tentou colocar por dentro quando Norris escorregou na Luffield. Entretanto, provavelmente lembrando de seu duelo com Verstappen em 2021, ele aliviou.


Carlos Sainz foi outro que ficou em desvantagem, perdendo o sétimo lugar para Sergio Perez. O mexicano fez a manobra na Vale e Club, deixando a Ferrari sob pressão de Alex Albon na Abbey.


O piloto da Williams ultrapassou na curva de alta, permitindo que Leclec superasse seu companheiro de equipe no complexo seguinte.


Pierre Gasly sofreu danos em uma batalha com Lance Stroll, confirmando um abandono duplo para a Alpine, já que Esteban Ocon já havia sofrido um vazamento hidráulico no início.


Perez deu sequência à sua recuperação depois de largar em 15º tomando a sexta posição de Fernando Alonso na Stowe nos momentos finais.


Albon garantiu mais pontos com a oitava colocação e a dupla da Ferrari completou os 10 primeiros.


Classificação da prova:


Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.

1 Max Verstappen Red Bull Honda RBPT 52 1:25:16.938

2 Lando Norris McLaren Mercedes 52 +3.798s

3 Lewis Hamilton Mercedes 52 +6.783s

4 Oscar Piastri McLaren Mercedes 52 +7.776s

5 George Russell Mercedes 52 +11.206s

6 Sergio Perez Red Bull Honda RBPT 52 +12.882s

7 Fernando Alonso Aston Martin Mercedes 52 +17.193s

8 Alexander Albon Williams Mercedes 52 +17.878s

9 Charles Leclerc Ferrari 52 +18.689s

10 Carlos Sainz Ferrari 52 +19.448s

11 Logan Sargeant Williams Mercedes 52 +23.632s

12 Valtteri Bottas Alfa Romeo Ferrari 52 +25.830s

13 Nico Hulkenberg Haas Ferrari 52 +26.663s

14 Lance Stroll Aston Martin Mercedes 52 +27.483s

15 Zhou Guanyu Alfa Romeo Ferrari 52 +29.820s

16 Yuki Tsunoda AlphaTauri Honda RBPT 52 +31.225s

17 Nyck De Vries AlphaTauri Honda RBPT 52 +33.128s

18 Pierre Gasly Alpine Renault 46 abandono

19 Kevin Magnussen Haas Ferrari 31 abandono

20 Esteban Ocon Alpine Renault 9 abandono

bottom of page