top of page

Ramon deixa mais da metade dos convocados para o Catar fora do primeiro amistoso após a Copa

A primeira convocação da seleção brasileira após a Copa do Mundo, feita pelo treinador interino Ramon Menezes, foi marcada pela forte renovação do grupo. Mais da metade dos 26 jogadores que estiveram no Catar não foram chamados para o amistoso contra o Marrocos, no dia 25 de março.


Dos 15 jogadores da Copa ausentes na lista desta sexta-feira, alguns chamam a atenção por terem sido titulares na campanha encerrada nas quartas de final, na derrota nos pênaltis para a Croácia: o goleiro Alisson, do Liverpool; o lateral-direito Danilo, da Juventus; e o atacante Raphinha, do Barcelona. Neymar e Thiago Silva, outros titulares, estão machucados no momento.


O atacante Pedro (Flamengo), o volante Fred (Manchester United) e o lateral-esquerdo Alex Sandro (Juventus), que entraram durante o jogo contra a Croácia, também ficaram fora, assim como o zagueiro Bremer (Juventus), os volantes Fabinho (Liverpool) e Bruno Guimarães (Newcastle), o meia Everton Ribeiro (Flamengo) e o atacante Gabriel Martinelli (Arsenal).


Outros dois ausentes não poderiam ser chamados neste momento. Gabriel Jesus, machucado, e o veterano Daniel Alves, de 39 anos, preso na Espanha, acusado de estupro.


Na volta à temporada após a Copa, alguns jogadores tiveram queda de produção, seja individualmente ou fruto de lesão ou do baixo rendimento das suas equipes, como é o caso de Alisson e Fabinho, no Liverpool, e Raphinha no Barcelona. Alguns vêm oscilando, como Pedro e Everton Ribeiro no Flamengo. Por outro lado, jogadores como Fred, Bruno Guimarães e Gabriel Martinelli têm se destacado em suas equipes.


Ramon destaca presença de nove estreantes


Logo após anunciar os convocados para o amistoso, Ramon destacou em números a renovação feita na seleção.


- Foram chamados 11 atletas que fizeram parte do grupo da Copa, cinco atletas do Sul-Americano Sub-20, estamos tendo nove estreias, com oito jogadores que atuam no Brasil e oito jogadores com idade olímpica - pontou Ramon, que brincou ao responder sobre a independência para fazer suas escolhas.


- O presidente (da CBF) está sabendo agora. Espero que ele goste - riu.

Commentaires


bottom of page