top of page

Projeção de alta do PIB em 2023 sobe para 2,92% após novo corte da Selic


A nova edição do Boletim Focus, divulgada nesta segunda-feira, 25, pelo Banco Central, mostra uma melhora da projeção do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil para 2023 pela quinta semana consecutiva. Segundo o relatório, a estimativa de alta do PIB para o ano passou de 2,89% para 2,92%, contra 2,41% há um mês. Levando em consideração apenas as 60 respostas no últimos cinco dias úteis, a projeção para o PIB de 2023 cresceu de 2,9% para 2,96%. Após o PIB do segundo trimestre (0,9%), o Ministério da Fazenda reajustou a previsão oficial de crescimento da economia brasileira para 3,2% em 2023. No Banco Central, a estimativa atual é de 2%, conforme mostra o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de junho. No entanto, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, disse que o mercado deveria revisar o número, indo para entre 2,5% e 3%.


Para o ano de 2024, o Boletim Focus manteve a estimativa de crescimento do PIB de 1,5%, ante 1,33% de um mês atrás. Considerando somente as 59 respostas dos últimos cinco dias úteis, a projeção para o PIB de 2024 foi de 1,46% para 1,5%. Em relação a 2025, a mediana foi de 1,95% para 1,9%, mesmo resultado da projeção de um mês atrás. A estimativa de crescimento para 2026 também se manteve igual ao mês anterior, na casa de 2%. Ainda de acordo com o Boletim, a expectativa para a taxa Selic no fim de 2023 foi mantida em 11,75% pela sétima semana consecutiva. A mediana defendida pelo relatório acompanha a sinalização dada pelo Comitê de Política Monetária (Copom), de que seguirá no corte dos juros em 0,5 ponto percentual, com a tendência de continuidade caso o cenário continue assim. Atualmente, a taxa é de 12,75% ao ano. Já para o câmbio, o Focus manteve a estimativa para 2023 estável, atingindo R$ 4,95, contra R$ 4,98 um mês antes. Para 2024, a previsão foi mantida em R$ 5,00, no mesmo nível de quatro semanas.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page