top of page

Preço médio das passagens aéreas bate recorde e alta segue em 2023, aponta Anac


O preço médio das passagens aéreas em 2022 foi o maior da série histórica da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que registra estes dados desde 2011. De acordo com a Anac, a tarifa média do ano passado foi de R$ 644,50, o valor é R$ 113 mais caro do que o registrado em 2021 e R$ 126 maior do que o de 2019, período antes da pandemia. Os preços foram corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial no Brasil.


Quando considerados os valores médios mensais, o ano de 2023 também apresentou patamares elevados no preço das passagens. Em janeiro deste ano, o valor médiu atingiu R$ 591, maior valor mensal desde 2012. Outra métrica que indicou avanço nos preços de viagens de avião foi a do valor médio pago pelo passageiro por quilômetro, que em fevereiro atingiu o maior patamar dos últimos oito anos. O valor do dólar, com cotação atual pouco abaixo dos R$ 5, influencia diretamente nestes dados.


A quantidade de pessoas que viajam de avião no Brasil também está em níveis inferiores ao volume registrado antes da pandemia. De acordo com a Anac, 6,5 milhões de passageiros circularam pelo país em fevereiro deste ano, valor 14% menor do que o mesmo mês de 2020, quando 7,7 milhões de passagens foram vendidas.

Comentarios


bottom of page