top of page

Polícia Legislativa apura ataque hacker a celulares de senadores


A Polícia Legislativa do Senado está investigando uma série de ataques digitais a contas de WhatsApp de senadores. O golpe em questão consiste em transferir a linha telefônica dos congressistas para outros chips e, assim, pedir doações falsas. A informação foi divulgada pelo site O Antagonista.


Nesta sexta-feira (12), quem denunciou o caso foi o senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça. Nas redes sociais, o parlamentar disse que teve seu WhatsApp clonado e que seus contatos estariam recebendo pedidos de transferência de recursos.


– Atenção, meu WhatsApp foi clonado! Muitos contatos estão recebendo mensagens solicitando transferência de valores. É um golpe! Medidas necessárias já estão sendo tomadas – escreveu.


Aos gabinetes, a Polícia Legislativa informou que foram registradas várias tentativas de golpes e orientou o uso da autenticação em dois fatores para aumentar a segurança dos aparelhos.


– Foram registradas diversas tentativas de golpes a partir das contas de WhatsApp de senadores. Aparentemente, cibercriminosos estão conseguindo fazer na operadora de celular a transferência da linha telefônica do chip da vítima para um outro chip, e, já na posse da linha, sequestram a conta de WhatsApp para aplicar golpes – disse o comunicado.

Comments


bottom of page