top of page

Público usa as redes sociais para denunciar assaltos dentro do Rock in Rio

Diversas pessoas usaram as redes sociais para relatar que foram vítimas de roubos e furtos dentro da Cidade do Rock na última sexta, 2, primeiro dia do Rock in Rio.


Um dos relatos chamou a atenção pelo local e violência, a vítima teria sido assaltada em frente ao Palco Mundo, principal local das apresentações do festival, sob a ameaça de uma arma branca (faca ou canivete).


Em outro relato, uma mulher contou que sofreu uma tentativa de assalto. Uma assaltante tentou tirar o celular da vítima que reagiu e, com ajuda de amigos, conseguiu reaver o aparelho.


Veja os relatos:

Cara, não tenho palavras para parabenizar o @rockinrio pela experiência ímpar que me foi proporcionada. Provavelmente a primeira pessoa na história a ser assaltada (à mão armada, evidentemente) na frente do Palco Mundo. Sério, eu sou um cara de sorte.


Uma mina pegou meu tel no palco Itaú ao final do show do Dead Fish. Ela tava com mais 3 caras, mas meu grupo era maior e quem tem amigo tem tudo! A segurei pelo braço e gritei os seguranças (que foram incríveis!) Recuperei o tel e eles foram levados.


A segurança dentro do festival


Procurada pela reportagem do Terra, a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro afirmou que preparou um esquema de segurança para os dias de festival, mas reforçou que “a segurança na Cidade do Rock é de responsabilidade dos organizadores”.


A Polícia Militar disse estar atuando na área externa do festival com policiamento ostensivo. Segundo a nota, a PM da cidade do Rio de Janeiro organizou um efetivo de 570 policiais e 55 viaturas. A PM também salientou que “os serviços de segurança quanto a revista de acesso à Cidade do Rock são de responsabilidade da organização do evento”.


A organização do Rock in Rio não respondeu aos questionamentos da reportagem

Comments


bottom of page