top of page

Novo ataque armado deixa seis mortos e oito feridos no Equador


Um novo ataque armado, o segundo até agora em junho, ocorreu nesta segunda-feira, 19, nas ruas de Guayaquil, a cidade equatoriana mais atingida por crimes ligados ao narcotráfico, deixando pelo menos seis mortos e oito feridos. A informação é da polícia local. De acordo com a corporação, ao que tudo indica, o caso foi um “acerto de contas entre gangues, no qual morreram seis pessoas”, disse o chefe de polícia do distrito sul de Guayaquil, coronel Marcelo Castillo. O Ministério Público (MP) informou que o ataque “também deixou oito feridos que foram levados para clínicas da região”.


Ninguém foi preso. Há duas semanas, cinco pessoas morreram, incluindo um policial, e outras oito ficaram feridas quando três homens abriram fogo em uma casa em Guayaquil. Esse tipo de ataque se tornou frequente no Equador, principalmente em Guayaquil, em meio a uma guerra pelo poder entre as gangues de traficantes, que disputam mercados e rotas de drogas nas ruas e prisões, deixando um rastro de cadáveres, alguns desmembrados e pendurados em pontes.


Castillo relatou que, durante a madrugada desta segunda-feira, em um bairro populoso do sul de Guayaquil, mais de dez pessoas estavam “na via pública bebendo”, quando “chegou um veículo preto, e umas quatro ou cinco pessoas saíram” para atirar. “São puras retaliações por atos de violência anteriores. Eles se matam sem piedade”, acrescentou.


*Com informações da AFP.

Commenti


bottom of page