top of page

Neymar é anunciado como novo reforço do Al-Hilal, assina contrato de 2 anos e vai ganhar R$ 1,7 bi


Neymar foi oficializado como novo reforço do Al-Hilal, da Arábia Saudita, nesta terça-feira, 15. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o clube exibiu um vídeo exaltando o atacante, que foi contratado por 100 milhões de euros junto ao Paris Saint-Germain. “Talento maravilhoso que atrai atenção de todos”, escreveu a agremiação saudita. Já o brasileiro, por sua vez, comemorou o acerto. “Eu estou aqui na Arábia Saudita. Eu sou Al-Hilal”, disse. Após passar seis temporadas no principal time da França, o camisa 10 da seleção brasileira decidiu assinar por dois anos com a equipe árabe, recebendo 320 milhões de euros (R$1,7 bilhão) no período. No elenco, o jogador de 31 anos atuará ao lado de alguns nomes badalados, como o compatriota Malcom, o zagueiro senegalês Kalidou Koulibaly, o volante português Rúben Neves e o meio-campista Milinkovic-Savic. Seu treinador será o lusitano Jorge Jesus, que fez história no Flamengo ao ganhar a Libertadores e o Brasileirão, em 2019.



O acerto de Neymar com o Al-Hilal surgiu após o atacante decidir deixar o Paris Saint-Germain nesta janela de transferências. Insatisfeito com o rendimento do brasileiro, que acumulou lesões desde que chegou na capital francesa, o clube parisiense colocou o jogador à venda no mercado da bola. Apesar de tentar migrar para grandes potências da Europa, apenas o Barcelona mostrou interesse em contar com o futebol do brasileiro. A equipe catalã, entretanto, não reunia condições financeiras para fazer a contratação e deixou a negociação esfriar. Assim, Neymar decidiu aceitar a oferta dos árabes. Segundo o jornal francês L’Équipe, entretanto, a ideia de Neymar é retornar ao futebol europeu em 2025, com a intenção de se preparar para a Copa do Mundo de 2026.

bottom of page