top of page

Mark Zuckerberg vende cerca de US$ 500 milhões em ações da Meta




Mark Zuckerberg, fundador e diretor-presidente da Meta, vendeu quase U$ 500 milhões em ações da empresa no final de 2023. Essa foi a primeira vez em dois anos que ele se desfez de papéis, aproveitando o rali de 2023. Após uma correção em 2022, as ações da dona do Facebook e do Instagram se recuperaram e quase triplicaram de valor, ficando apenas 10% abaixo do recorde histórico alcançado em setembro de 2021. De acordo com documentos regulatórios divulgados na quarta-feira, 3, Zuckerberg vendeu as ações em operações de mercado realizadas entre o dia 1º de novembro e o fim de 2023. No entanto, essa venda não significa necessariamente que o executivo não acredita mais na valorização das ações. O plano de venda foi aprovado pela companhia em julho de 2023. Mesmo após a venda, Zuckerberg ainda possui 13% das ações da Meta. Com uma fortuna estimada em US$ 122 bilhões, ele ocupa a quinta posição no ranking das pessoas mais ricas do mundo, de acordo com a revista “Forbes”.


Comentários


bottom of page