top of page

Malafaia diz que comandantes militares devem renunciar




O pastor Silas Malafaia, em seu discurso na manifestação pacífica que reuniu milhares de pessoas neste domingo (21) na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, disse que os comandantes das Forças Armadas deveriam renunciar a seus cargos.

A fala foi dirigida ao general Tomás de Paiva (Exército), ao almirante Marcos Olsen (Marinha) e ao tenente-brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno (Aeronáutica) e se refere ao fato de que, na visão do líder evangélico, as Forças Armadas se omitiram diante da perseguição do Supremo Tribunal Federal (STF) contra militares aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro.

– Se esses comandantes militares honram a farda que vestem, renunciem aos seus cargos. E que nenhum outro general de 4 estrelas assuma até que haja uma investigação profunda do Senado – disse Malafaia.

Em fevereiro deste ano, por exemplo, sete oficiais da ativa do Exército foram afastados por ordem de Moraes por causa das investigações sobre um suposto plano de golpe. Naquele mesmo mês, o coronel de cavalaria Bernardo Romão Corrêa Neto e o tenente-coronel Rafael Martins de Oliveira foram presos pela mesma investigação da Polícia Federal.

Comments


bottom of page