top of page

Mais de 700 pessoas vão parar no hospital após tempestade de areia atingir cidades iranianas


Uma tempestade de areia, que atingiu o Irã nesta semana, e deixou algumas cidades laranja, fez 733 pessoas pararem no hospital, segundo a agência turca Anadolu. Segundo o chefe de emergência do Sistan-Baluchestan, Majid Muhibbi, “devido a tempestades de areia e poeira, 733 pessoas se inscreveram em hospitais nas cidades de Zabul, Zehek, Hamun, Hirmend e Nimruz no norte de Sistan-Baluquistão em 3 dias. 58 dessas pessoas foram hospitalizadas e tratadas.” disse. O gerente geral de meteorologia do Sistan-Baluquistão, Muhsin Haydari, disse que devido ao aumento da quantidade de poeira no ar, a visibilidade diminuiu para 3 quilômetros em Zabul e para 2 quilômetros em Zehek. O ocorrido fez com que o governo local suspendesse os serviços em instituições e bancos estatais nas regiões que foram afetadas pela tempestade. O fenômeno não é raro. No mês passado, centenas de pessoas s foram hospitalizadas na província de Sistan-Baluchestan no mês passado. Tempestades de areia são frequentes no Oriente Médio pelo fato da região ser conhecida por seus desertos. Contudo, sua frequência aumentou nos últimos meses, alimentado por secas e baixas precipitações relacionadas com a mudança climática. O agravamento do fenômeno se explica por vários fatores, como o baixo nível das águas dos rios Tigre e Eufrates, a flutuação das precipitações anuais e a erosão dos solos, acrescentou. Em Meca e Medina, são esperadas mais tempestades.

コメント


bottom of page