top of page

Interino no GSI, Cappelli põe mais 58 servidores para fora

Após a exoneração de 29 funcionários do GSI, nesta quarta-feira (26), o ministro interino da pasta, Ricardo Cappelli, exonerou mais 58 servidores ligados ao gabinete, nesta quinta-feira (27). Os respectivos nomes serão publicados na edição do Diário Oficial da União desta sexta-feira (28).


Lula o colocou na função para executar uma reestruturação quase que integral no GSI. Estão sendo dispensados não somente nomes colocados pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), como também os mais novos indicados, que ingressaram na administração do general Gonçalves Dias, demitido após ser flagrado na divulgação das imagens do circuito interno do Planalto, transitando entre os manifestantes radicais, no dia 8 de janeiro.


O militar argumenta que estava apenas tentando evacuar o prédio, conduzindo os extremistas ao segundo andar, onde seriam presos.

bottom of page