top of page

Homens são presos após abrirem buraco na Grande Muralha da China


Dois homens foram detidos após abrirem um buraco na Grande Muralha da China, causando danos enormes às estruturas. A ideia da dupla era facilitar a ida ao trabalho, criando um atalho para economizar tempo e distância. Para isso, eles aproveitaram a existência prévia de um buraco e utilizaram uma escavadeira para alargar a passagem, danificando o Patrimônio Mundial da Unesco. A área destruída fica há quase seis horas de uma viagem de carro da capital Pequim, foi concluída na dinastia Ming, entre os séculos XIV e XVII, sendo uma das mais bem preservadas do monumento. Os homens teriam causado danos irreversíveis às estruturas. A construção da Muralha começou no século III a.C. e levou centenas de anos para ser concluída. A construção tem mais de 20 mil quilômetros, e, embora as áreas mais famosas estejam preservadas, várias partes da estrutura estão desmoronando e podem desaparecer.

Comentarios


bottom of page