top of page

Governo muda nome de estação do metrô em homenagem a professora que morreu em ataque à escola

O governo do Estado de São Paulo publicou um decreto que altera o nome de uma Estação da linha 4-Amarela do bpara homenagear a professora Elisabeth Tenreiro, que morreu durante o ataque à Escola Estadual Thomazia Montoro, no fim de março. O decreto foi publicado no Diário Oficial deste sábado, 15. A estação que terá o nome alterado é a Vila Sônia, que fica no mesmo bairro em que aconteceu o ataque. Com a mudança, a estação passará a se chamar Estação Vila Sônia Professora Elisabeth Tenreiro. Nesta semana, o governador do Estado, Tarcísio de Freitas visitou a escola e os alunos que representam o Grêmio Estuantil entregaram um abaixo-assinado pedindo a homenagem à professora. O documento também foi assinado pelos secretários Renato Feder (Educação) e Guilherme Derrite (Segurança Pública). .”Elisabeth era uma professora muito dedicada e querida por todos da comunidade escolar. É uma justa homanagem e por isso o Estado acolheu esse pedido de homenagem dos estudantes”, afirmou o governador. Segundo o governo, a ViaQuatro, concessionária que administra a linha, implementará a mudança visual na estação nos próximos dias.

bottom of page