top of page

Filho de Joe Biden é indiciado por porte ilegal de arma de fogo


Hunter Biden, filho do atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo. O indiciamento foi feito nesta quinta-feira, 14, por Hunter ter comprado de maneira ilegal uma arma de fogo cinco anos atrás. O filho do presidente admite que, na época da compra, usava drogas intensivamente. Hunter é alvo de duas acusações de falso testemunho por, supostamente, ter informado em formulários que não usava drogas de maneira ilegal na época em que adquiriu a arma. O equipamento é um revólver Colt e foi comprado em Delaware, Estado pelo qual Joe Biden foi senador entre 1973 e 2009. Nesta semana, Biden sofreu uma derrota no Congresso americano após o presidente da Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy, liberou o avanço do processo de impeachment do Democrata por supostos benefícios envolvendo os negócios de Hunter com o exterior. A Casa Branca rebateu as acusações de McCarthy.

bottom of page