top of page

F1: Ricciardo elogia Norris e muda foco para 2024

O australiano Daniel Ricciardo teve muitas dificuldades na McLaren contra Lando Norris, desde que chegou na equipe no início da temporada 2021. Falando ao The Race, Ricciardo analisou a situação.


Em 2021, a McLaren esperava trazer um novo líder para a equipe com Ricciardo, e Norris foi questionado principalmente sobre o que ele poderia aprender com o australiano. Depois de duas temporadas, a resposta acabou sendo ‘não muito’, já que Ricciardo nunca foi capaz de oferecer a Norris a resistência que se esperava dele, muito menos assumir o papel de líder.


O próprio Ricciardo está chateado com seu desempenho na McLaren. “Obviamente, temos muitos dados, e eu também observo as câmeras onboard de Lando. E às vezes vejo o que ele é capaz de fazer, e fico tipo: ‘OK, posso ver, mas não posso fazer isso’. E mesmo nas reuniões da equipe, você ouvirá de Lando: ‘Nessa parte da corrida, eu realmente podia sentir que o carro estava funcionando lá, meio que ganhou vida’, enquanto eu nunca tive essa sensação”, disse Ricciardo.


De acordo com o australiano, existem duas explicações possíveis para a diferença entre os dois pilotos. A primeira opção é que Norris é simplesmente muito bom. Ricciardo não quer tirar o crédito de Norris dizendo que não é esse o caso. A outra opção, segundo Ricciardo, é a ignorância por parte de Norris. Em suas próprias palavras, ele não quis dizer isso de maneira desagradável, mas o oito vezes vencedor de GP acredita que pode ajudar Norris, o fato dele nunca ter pilotado um carro de F1 além do carro da McLaren.


Ricciardo está entrando em seus últimos meses com a McLaren, pois será substituído por Oscar Piastri em 2023. O próprio Ricciardo já anunciou que não estará no grid em 2023 e se concentrará inteiramente para retornar em 2024. Há rumores de que ele poderia aceitar um cargo de piloto reserva na Mercedes, e aguardar uma possível aposentadoria de Lewis Hamilton no final de 2023, para então substituir o heptacampeão.

bottom of page