top of page

F1: Andretti torce pelo retorno de Schumacher, “talentos assim não desaparecem”

Em novembro do ano passado, a Haas anunciou de forma oficial a saída de Mick Schumacher do time. O alemão veio de dois anos conturbados com o time americano, marcado por uma série de batidas, principalmente em 2022, e a conquista de apenas 12 pontos.


Logo após encerrar os laços com a Haas, Schumacher foi contratado como piloto reserva da Mercedes, onde espera se desenvolver e poder retornar ao grid. Especula-se que o alemão retorne junto à Audi, que passa a integrar a categoria em 2026 com a Sauber.


Em conversa com RTL, o ex-piloto e campeão da categoria Mario Andretti acredita no retorno de Schumacher à competição: “Tenho certeza de que alguém o levará. Talentos assim não desaparecem. Acho que Mick melhorou tremendamente, especialmente na última temporada. Sem dúvida. E isso ficou evidente em sua performance”, afirmou o americano.


Andretti também destacou a pressão que o sobrenome carrega: “O nome Schumacher é um trunfo em todos os aspectos. Acho que ele usava com muito orgulho, sem dúvida”, comentou.


O ex-piloto torce pelo retorno do jovem de 23 anos: “Na verdade, eu gostaria de ter Mick no carro. Mick é talentoso e também tem o que é preciso para pilotar com sucesso na Fórmula 1”, apontou Andretti.

Comentarios


bottom of page