top of page

Desmatamento no Brasil: Cerrado ultrapassa Amazônia em área desmatada




O Relatório Anual do Desmatamento (RAD) no Brasil do MapBiomas, divulgado nesta terça-feira (28), apontou que mais da metade de toda a área desmatada no Brasil em 2023 ocorreu no Cerrado. Pela primeira vez desde 2019, o Cerrado ultrapassou a Amazônia em termos de área desmatada. O relatório destacou que a expansão agropecuária foi responsável por 97% do desmatamento nos últimos cinco anos. Nesse período, o Brasil perdeu 8.558.237 hectares de vegetação nativa, equivalente a duas vezes o estado do Rio de Janeiro. Em 2023, houve uma queda de 11,6% na área desmatada, com 1.829.597 hectares suprimidos. Apesar disso, houve um aumento de 8,7% no número de alertas em comparação com o ano anterior.

O desmatamento no Brasil teve sua primeira queda desde 2019, segundo o MapBiomas. No entanto, a preocupação é que o desmatamento está se concentrando em biomas com formações savânicas e campestres, diminuindo nas formações florestais. Em 2023, 61% da área desmatada estava no Cerrado e 25% na Amazônia.

O Cerrado se tornou o protagonista do desmatamento no país, de acordo com a coordenadora do MapBiomas Cerrado, Ane Alencar. Ela ressaltou a importância estratégica do bioma para a questão hídrica e alertou para o impacto do desmatamento nas bacias que nascem no Cerrado. Em média, foram desmatados 5.013 hectares por dia no país em 2023, sendo a maioria no Cerrado.

Commentaires


bottom of page