top of page

Copom inicia reunião com expectativa de reduzir taxa de juros para menor nível desde fevereiro de 2022




O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central iniciou nesta terça-feira (19) a reunião para definir a nova taxa básica de juros. A expectativa é de um corte de 0,5 ponto percentual na Selic, que atualmente está em 11,25% ao ano. As discussões serão concluídas até quarta-feira (20). Caso o ritmo de redução se mantenha, a nova taxa da Selic ficará em 10,75% e será a menor desde fevereiro de 2022. A sequência de cortes teve início em agosto de 2023, seguindo as expectativas do mercado financeiro. Em dezembro, os diretores do Copom já haviam projetado novas reduções para as próximas reuniões. A inflação no Brasil fechou 2023 em 4,62%, de acordo com o IPCA. Em fevereiro deste ano, o índice acelerou e atingiu 0,83%, uma alta de 0,41 ponto percentual em relação a janeiro. Diante desse cenário, o Copom destaca a importância de manter uma política monetária contracionista para alcançar a meta de inflação de 3%.

Entre março de 2021 e agosto de 2022, o Banco Central aumentou a Selic por 12 vezes consecutivas, em resposta à alta dos preços de alimentos, energia e combustíveis. Em seguida, a taxa foi mantida em 13,75% ao ano por sete vezes seguidas, de agosto de 2022 a agosto de 2023. Além de acreditar em mais um corte de 0,50 ponto percentual, o mercado financeiro está de olho se o colegiado pretende manter o atual ritmo de redução de juros. Alguns analistas acreditam que o BC pode alterar nesta reunião do Copom o seu “forward guidance” (ferramenta usada por bancos centrais para delinear o curso futuro da política monetária), buscando mais flexibilidade no ciclo de cortes.

Σχόλια


bottom of page