top of page

Conflito na Faixa de Gaza chega ao 200º dia consecutivo




Os ataques israelenses na Faixa de Gaza chegam nesta terça-feira (23) ao seu 200º dia, com pelo menos 32 mortos nas últimas 24 horas e um total de 34.183 vítimas, acredita-se que 11 mil corpos estejam sob os escombros. “A ocupação israelense cometeu três massacres contra famílias na Faixa de Gaza, deixando 32 mortos e 59 feridos em hospitais durante as últimas 24 horas”, informou hoje o Ministério da Saúde de Gaza, controlado pelo Hamas. Os bombardeios generalizados persistiram em todo o território, com ataques contra as zonas costeiras de Al Zawaida e Deir al Balah, no centro do enclave, mas também contra a praia do campo de refugiados de Nuseirat.

Por sua parte, o exército israelense afirmou ter atacado “25 alvos do Hamas” com aeronaves nas últimas 24 horas, incluindo infraestruturas militares, postos de observação e de lançamento, segundo comunicado militar. Além disso, confirmou ter eliminado vários milicianos por “disparos de franco-atiradores”. A equipe de Defesa Civil da Faixa, independente do Hamas, confirmou nesta segunda-feira (22) que recuperou pelo menos 283 corpos de uma vala comum encontrada no último sábado no hospital Nasser, na cidade de Khan Younis, no sul, de onde o Exército israelense se retirou no dia 7 de abril, após quatro meses de combates na área. Entre os cadáveres estão mulheres e idosos, alguns com as mãos algemadas e nus, o que sugere que foram executados.


Comments


bottom of page