top of page

Chuvas intensas em Porto Alegre interrompem trabalhos de resgate




A prefeitura de Porto Alegre (RS) emitiu um comunicado na tarde desta quarta-feira (8) orientando a suspensão temporária das operações de resgate com barcos devido às condições climáticas adversas. Segundo as autoridades locais, o município prevê chuva de até 15 milímetros nas próximas horas, ventos de até 80 km/h e raios em toda a região metropolitana. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, fez um apelo para que as pessoas não retornassem às casas para tentar recuperar pertences diante da expectativa de fortes chuvas até domingo.

O número de vítimas fatais em decorrência das chuvas no estado já chega a 100, com 128 pessoas ainda desaparecidas. Segundo boletim divulgado nesta quarta, cerca de 1,45 milhão de habitantes tenham sido afetados em 417 municípios gaúchos.

Além disso, a previsão do tempo indica que a partir de hoje o clima será frio e seco, com temperaturas entre 4ºC e 8ºC nas regiões mais frias. Em Porto Alegre, a mínima esperada é de 12ºC. Essas condições climáticas estão impactando não apenas a capital, mas todo o Estado do Rio Grande do Sul.

Commentaires


bottom of page