top of page

CBF convoca para o dia 27 de maio a reunião que decidirá se o Brasileirão vai ser interrompido




Diante da devastadora tragédia que atingiu o Sul do Brasil devido às enchentes, resultando em quase 150 mortes, uma onda de solidariedade e preocupação tomou conta do cenário esportivo nacional. Os clubes gaúchos participantes do Campeonato Brasileiro — sobretudo Internacional, Grêmio e Juventude, integrantes da Série A —, estão à frente de um movimento que pressiona pela paralisação completa da competição. Atualmente, as rodadas que envolveriam equipes do Rio Grande do Sul foram suspensas, mas o campeonato segue em andamento, gerando debates e divisões entre os times participantes. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) agendou decisão sobre a continuidade do torneio para o dia 27 de maio. A reunião do conselho técnico marcada para esta data é aguardada com grande expectativa, pois será determinante para o futuro do Brasileirão. Enquanto isso, os clubes gaúchos permanecem afastados das competições.

A questão da paralisação divide profundamente os clubes brasileiros. Por um lado, equipes como Botafogo, Atlético Mineiro e Corinthians expressam apoio à interrupção do campeonato, em sinal de respeito às vítimas e suas famílias. Por outro lado, grandes clubes, incluindo Flamengo, Palmeiras e São Paulo, posicionam-se contra a paralisação, argumentando pela continuidade da competição.

留言


bottom of page