top of page

Brasileira é vítima de xenofobia em reality show de Portugal




A brasileira Dani Salles, participante do reality rural Era Uma Vez na Quinta, transmitido pela emissora de Portugal SIC, foi alvo de xenofobia durante uma dinâmica recente no programa. Conforme as imagens que circulam nas redes sociais, durante a atividade, que consistia na montagem de uma peça teatral, colegas de confinamento ridicularizaram o sotaque de Dani, designando-a para o papel de ‘empregada muda’. “Dani não pode falar, porque vai falar com sotaque brasileiro, então colocamos ela de empregada doméstica”, afirmou uma das participantes responsáveis pela seleção do elenco da peça. O vídeo capturou o momento em que os colegas anunciaram o papel à influenciadora, enfatizando que ela deveria permanecer calada durante a atuação.

As redes sociais foram palco de uma intensa reação ao incidente. O perfil de Dani Salles emitiu uma declaração repudiando a xenofobia, e brasileiros e portugueses manifestaram suas opiniões. “Sou portuguesa e não me revejo nos comentários xenófobos do Pedro e Manuela. Não ligues, Dani. Eles são pessoas que estão mal com a vida. Felizmente não somos todos assim”, escreveu um usuário. Outros criticaram a SIC pela aparente falta de ação diante do ocorrido, acusando-a de compactuar com a xenofobia. Até o momento, a emissora SIC não se pronunciou sobre o incidente.

Comentarios


bottom of page