top of page

Arezzo e Grupo Soma, dono da Hering e Farm, acertam fusão e criam gigante do varejo




A Arezzo & Co, fabricante e varejista de calçados, e o Grupo Soma selaram, neste domingo, 4, um acordo para formar uma gigante do varejo de moda. A fusão dos dois negócios formará uma empresa que pode chegar a R$ 12 bilhões de valor de mercado. A expectativa é que o anúncio oficial seja realizado nesta segunda-feira, 5, pela manhã. Com a fusão, novo negócio passará a responder por 22 marcas. Do lado da Arezzo, estão marcas como Vans, Alexandre Birman e Schutz. Pelo Grupo Soma, a Hering, Farm, Animale e outras. A expectativa é de que os executivos das duas empresas divulguem uma nota conjunta comentando o nascimento do novo empreendimento Esta é a segunda vez que os dois negócios buscam um acordo para a fusão das operações.

As conversas sobre a fusão começaram em 2021, mas perderam tração com o passar do tempo, conforme interlocutores do mercado financeiro. Nas últimas semanas, as conversas voltaram a ganhar força, em partes, por iniciativa da Arezzo, segundo fontes ligadas aos negócios. Durante a semana as empresas tinham emitido notas onde falavam sobre a possível fusão. O Grupo Soma confirmou, em um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que estava em conversas com a concorrente. A Arezzo também emitiu durante a semana comunicado sobre o assunto. “A companhia está em entendimentos com o Grupo Soma em que ambos avaliam uma possível associação que poderá envolver a unificação das bases acionárias em uma única companhia com governança compartilhada”, diz o texto

bottom of page