top of page

Após gesto obsceno, Cristiano Ronaldo recebe processo pedindo deportação na Arábia Saudita

A derrota do Al-Nassr para o Al-Hilal, na Liga Saudita, não foi o único problema para Cristiano Ronaldo na última terça-feira. O jogador, que fez um gesto obsceno na saída do gramado em resposta a provocação de torcedores rivais, foi processado na Arábia Saudita. Uma advogada local abriu um processo na justiça exigindo a deportação do craque português.


- Não acompanho o esporte. Se os torcedores do Al Hilal provocaram Cristiano Ronaldo, ele não soube responder. A conduta de Cristiano constitui um delito. Um ato publicamente indecente que requer prisão e deportação quando cometido por um estrangeiro. Iremos apresentar uma petição ao Ministério Público nesse sentido - disse a advogada Nouf bin Ahmed, que confirmou mais tarde que o processo já foi encaminhado.


A advogada, que também é professora universitária e conselheira da ONU, também citou o lance em que CR7 dá um “mata-leão” em Gustavo Cuéllar. Em resposta enviada à agência de notícias "EFE", o Al-Nassr afirmou que Cristiano Ronaldo se machucou no lance com o ex-Flamengo.


- Ronaldo sofreu uma lesão. O lance com Gustavo Cuéllar causou uma lesão numa zona sensível. Quanto às exigências dos torcedores, eles são livres de pensar o que quiserem - disse o clube sobre o processo contra Cristiano Ronaldo.

Comments


bottom of page