top of page

Às vésperas da eleição, atletas e sertanejos declaram apoio a Bolsonaro

Nos últimos dias, diferentes cantores sertanejos e esportistas passaram a declarar apoio ao candidato a reeleição Jair Bolsonaro (PL) nas redes sociais. Uma das personalidades de maior destaque foi o atacante da seleção brasileira Neymar, que publicou um vídeo em que aparece dançando uma música em apoio ao presidente. Entre artistas, o apoio a Bolsonaro se concentra entre cantores sertanejos, como Gusttavo Lima.


No mundo esportivo, além de Neymar, o apoio vem também de nomes mais antigos, como os ex-jogadores da seleção brasileira Rivaldo e Robinho, que publicaram mensagens de apoio a candidatura de Bolsonaro recentemente.


O ex-atacante do Santos, inclusive, voltou a aparecer nas redes depois de quase um ano sem postagens. Ele foi condenado, em última instância, por estupro na Itália no início deste ano.


Antigo apoiador de Bolsonaro, o volante do Fluminense Felipe Melo também compartilhou mensagens pedindo votos para o candidato, assim como o ex-técnico de Grêmio e Flamengo, Renato Portaluppi. O ex-jogador do São Paulo, atualmente no Tottenham da Inglaterra, Lucas Moura, também declarou apoio a Bolsonaro nas últimas semanas. A lista chega ainda a outros esportes como Nene Hilário, ex-jogador de basquete da NBA e o lutador de MMA José Aldo.


Sertanejos

Entre artistas, o apoio para o atual presidente se concentra principalmente entre cantores sertanejos. Além de Gusttavo Lima, Bruno e Marrone também disseram votar no presidente e publicaram mensagens de apoio nas redes.


Junto de Lima, a dupla chegou a participar de uma partida de futebol beneficente com Bolsonaro no início deste ano. A lista de declarações recentes de apoio contempla ainda Sorocaba (da dupla com Fernando) e também de Rick e Renner, que pediram votos para Bolsonaro.

bottom of page